OMSH

Organização Mundial da Saúde Histórica (1969)

As questões médica e humanitária nos manicômios judiciários
Apesar dos manicômios judiciários poderem parecer, à primeira vista, uma solução viável para pessoas com transtornos mentais que cometeram algum delito, na prática, essas instituições acabam animalizando e condenando o detento ao encarceramento perpétuo, infringindo, dentre tantas outras coisas, seu direito básico à saúde. 
Com as primeiras formas alternativas de tratamento surgindo na década de 1960, convidamos os senhores a pensarem sobre as condições humanitária e médica desses centros e pensar no futuro psiquiátrico à nível internacional.
 
 
 
 

mesa diretora

José Lucas Xavier

Fala, meus guerreirinhos! Me chamo José Lucas Xavier, tenho 18 anos e atualmente estou no terceiro ano no CPII Realengo. Primeiramente, sejam bem-vindos ao MID CPII! O MID e a OMS têm um lugar especial no meu coração, porque através deles eu conheci e me fascinei pela modelândia, isso em 2017. Agora eu volto nesse mesmo comitê com companheiros maravilhosos no intuito de apresentar essa temática diferenciada aos senhores. Para que esse comitê seja tão gratificante quanto foi para mim, estarei à disposição para sanar quaisquer dúvidas. No mais, até setembro! 😉

Laísa Maria

E aí, gente linda!! Me chamo Laísa Maria, tenho 17 anos e curso o segundo ano do ensino médio no CP2 de Realengo. Assim como meus companheiros de mesa, estarei muito solícita a ajudar no que for preciso para que esses 4 dias sejam tão enriquecedores pra vocês como foram pra mim. Essa vai ser a minha primeira vez como diretora do MID, e já tô muito ansiosa pra conhecer os nossos pupilos, temos muito com o que crescer juntos. Nos vemos em setembro! <3

Letícia Martins

Olá queridos futuros delegados, sejam muito bem-vindos ao VI MID! Meu nome é Letícia, eu tenho 20 anos, sou ex aluna do CP2 de Realengo e atualmente faço letras na UERJ. Estou no MID desde a terceira edição e pra mim é extremamente gratificante voltar ao modelo três anos depois como diretora do mesmo comitê onde eu comecei! Espero que você se sinta tão feliz de fazer parte dessa história quanto eu me sinto! Esse comitê é simbólico demais pra mim, pois vou dividi-lo com pessoas incríveis que tiveram uma grande importância na minha vida dentro da modelândia! Espero poder transmitir pra vocês toda a felicidade que eu tenho de estar construindo tudo isso! Nos vemos no VI MID!

Maíra Pedroso

E aí, camaradas? Bem vindos ao VI MID! Me chamo Maíra, tenho 19 anos e sou ex-aluna do campus São Cristóvão e aluna de Psicologia da PUC-Rio. Foi uma OMS que, na terceira edição do modelo, me fez mergulhar na tal modelândia – e aquece meu coração poder encerrar, anos depois, essa trajetória levando a vocês mais um debate da incrível área da saúde. Assim como meus colegas de mesa (ou anjos?), me coloco à disposição para ajudar como for possível! Espero que vocês tenham uma experiência tão marcante quanto eu, com certeza, vou ter. E viva a luta antimanicomial!

Victor Gimenes

Saudações, futures delegades! Eu me chamo Victor Gimenes, tenho 17 anos e esse ano terei a honra de ser o diretor dessa incrível OMSH. Atualmente eu estou na reta final do terceiro ano no Campus São Cristóvão, e se tudo der certo estarei cursando Licenciatura em História no próximo ano. Eu estou muito animado para esta edição do MID, primeiro pelo tema, que é uma questão muito pertinente a ser discutida (principalmente nos tempos atuais, no qual os tratamentos psiquiátricos estão sendo regredidos aos que eram na época do comitê) e segundo porque eu tenho um carinho muito grande por este modelo, já que foi aqui que eu deleguei pela primeira vez, há dois anos no IV MID, e a ideia de ser diretor por salas onde eu já assisti aula me agrada muito <3. Senhoras e senhores, eu espero que nossa mesa possa proporcionar a melhor experiência de todas para vocês, e não hesitem em falar conosco para qualquer coisa que precisarem, estamos aqui para ajudar! Nos vemos em setembro.